06 março, 2007

Desejos gastronômicos


O chef José Barattino, do restaurante Emiliano, em São Paulo, nos apresenta novidades no mundo do sal. Para além dos já cobiçados cristais de flor de sal, que aqui podem ser encontrados nas versões francesa (Flor de sal de Guérand), portuguesa (Flor de sal Belamondil, da região do Algarve, inglesa (Maldon) e brasileira (Companhia das Ervas, colhida nas salinas de Mossoró (RN), o chef trouxe para a mesa do Emiliano (pena que só para degustação e não para comercialização) os seguintes sais:


O Alaea Sea Salt, um sal havaiano que recebe a adição de argila em seu processo de produção, com um suave sabor mineral.

O indiano Kala Namak, um sal indiano de origem mineral com um sabor bastante inusitado – de gema de ovo!

O Salish, extraído no Pacífico e defumado a frio.


O Smoked Chardonnay , também um sal defumado a frio, só que em barricas de carvalho, tal como o vinho de uvas chardonnay. O resultado é um aroma de madeira característico de vinho branco.


Segundo o chef, o efeito do uso dos sais nas receitas sugerem pedrinhas aromáticas que explodem na boca. Eu não duvido!

Um comentário:

Verena disse...

Lara, amei seu blog! As fotos e receitas são ótimas e os textos uma delícia de ler! Vou sempre vir espiar, ok?
Um abraço!


www.mangiachetefabene.wordpress.com