19 março, 2007

Créditos e agradecimentos

Todo domingo, lá pelo final da tarde, eu preparo um bolo ou muffins para o lanche semanal das crianças. Como não tenho máquina digital, acabo optando, às vezes, por não postar sobre o assunto. Mas não posso deixar os créditos merecidos. Semana passada, preparei a torta de maça sugerida pela Ana do Brigadeiro de Colher. A única modificação ficou por conta da manteiga no lugar da margarina e na opção por usar maças verdes que tinha em casa. Foi um sucesso! E ontem, preparei uma receita da Fer que há muito vinha querendo fazer, os muffins de maple. Esta receita tem um sabor especial para mim. Não sei se já disse aqui que minha avó paterna – a vovó Lee, era americana – o que significava comer muito maple em casa. A minha memória de sua casa cheira a maple. Acho que em todos os cafés da manhã comíamos waffle com mapple (ou era maple ou uma deliciosa geléia que ela preparava com morangos inteiros). Desde aquela época não o comi mais – na verdade, era uma lembrança adormecida, só revivida pela leitura dos blogs que freqüento, que passaram a oferecer receitas com este delicioso xarope. Minto, me lembro de uma vez estar assistindo um desenho que meu filho gostava muito quando pequeno – Franklin, e especificamente neste episódio a que me refiro, havia uma explicação do processo de recolhimento do xarope. Bom, o fato é que ontem me aventurei e os preparei – qual não foi minha alegria quando percebi que os muffins agradaram em cheio. É como se um ciclo se fechasse, aquela memória afetiva da infância transmitida para os meus filhos. É como se pudéssemos compartilhar um pouco da bisavó que eles não conheceram.
Obrigada!

3 comentários:

fezoca disse...

Lara, que lindeza que um mero muffin te proporcionou tanta lembranca boa! O cheiro do maple eh realmente uma delicia. beijao pra voce,

ana disse...

Lara,

Que bom que você gostou da receita. Sabe que na maioria das vezes eu também uso margarina?? Da próxima vez vou usar maçã verde pra experimentar, com certeza deve ficar ótimo.

Ai, eu adoro maple syrup...pena que aqui onde moro não encontre pra vender...

beijo grande procê,

valentina disse...

Lara, amei este post. tudo sobre ele. que delicia de leitura.bjocas.