05 agosto, 2007

Fim de férias e saudades da Liberdade


Infelizmente as férias acabaram e não consegui me mudar. Como podem imaginar, está tudo um caos por aqui. Mas, apesar de tudo, andei comendo muito bem nestas duas últimas semanas – numa rápida viagem a São Paulo, me esbaldei na Liberdade e trouxe para casa muitas delícias desconhecidas, e jantei num restaurante bem simpático, o Mestiço. Lá comi Krathong-thong (cestinhas tailandesas de massa crocante, recheada com frango, milho e especiarias), e mini-acarajés, Ásia (filé mignon fatiado estilo tailandês ao molho de ostras, cogumelos e cebolinhas) e Hua-hinf (frango com shiitake ao molho de gengibre estilo tailandês). Já no Rio, conheci a deliciosa cozinha do Zazá. De entrada pedimos espetada de camarão com mel picante e samosas - pasteizinhos indianos recheados com camarões secos, palmito fresco, coentro, hortelã, gengibre, pimenta calabresa, com mango chutney, meu prato principal foi Camarões flambados com especiariais e risoto de limão e, de sobremesa, um magnífico carpaccio de banana brulée, servidos sobre fina camada de doce de ovos-moles com canelas e duas bolas de sorvete de tapioca. Não tenho tido tempo de navegar muito, mas ando com água na boca só de imaginar os sorvetes que andam rolando lá no blog da Fer e da Bia. Me animei e resolvi investir numa sorveteira. Andei preparando uma torta com a receita da Fer (com recheio de milho e queijo minas), um clafoutis adaptado da Bia (só que usei farinha de castanha do pará no lugar da farinha de amêndoa) e também já fiz umas duas ou três vezes esta receita de pão. Dentre as novidades, esta polenta especial:

Polenta de Grana Padano e mel

150 g de farinha para polenta branca
600 ml de caldo de legumes
2 folhas de sálvia
15 g de manteiga
15 g de grana padano
15 ml de azeite
sal a gosto
pimenta-do-reino branca a gosto
1 colher de sopa de mel (para a hora de servir)

Coloque o caldo de legumes para ferver e, com uma colher de pau, vá acrescentando, aos poucos, a farinha da polenta. Quando a polenta começar a borbulhar, junte as folhas de sálvia e prossiga o cozimento por uns 30 minutos – sempre mexendo. Quando a polenta começar a soltar das paredes e formar uma pequena crosta na superfície, ela estará cozida. Desligue o fogo e acrescente os queijos, a manteiga, o azeite e o sal. Na hora de servir, decore com o mel.

5 comentários:

fezoca disse...

que ferias deliciosas! saudades e beijos,

Biagio disse...

Lara querida....tem que citar os amigos com os quais foi para o Mestiço (que lhe fizeram descobrir aquele lugar....) e também para o Zazá (adorei... até compartilhamos o carpaccio de banana brulée... não pode esquecer.... no meio dos seus pacotes de mudança). Abração,
Biagio

bia disse...

quanta coisa gostosa vc andou fazendo ! Amie esta polenta com mel ! bjs

Cris disse...

Esta polenta com mel... hummmm. Lara, e o pão, tem fotinhas? Bjs!

valentina disse...

Quantas novidades saborosas!